Equipe

Amauri Bauer
Comunicador
Amauri e o chimarrão campeiro, ícones na Campo Fm desde a 105,90 Nasceu no Rio da Várzea, com bicho de pé até na oreia, está junto conosco desde 2008 Meu pai e meu avô homens de muito valor me ensinaram a respeitar os mais velhos, não me deixaram herança, me deixaram educação e honestidade, na minha terra Rio da Várzea era assim ; Amargurado pela dor de uma saudade Voltei de novo ao recanto onde eu nasci Onde passei minha bela mocidade Voltei chorando com da tristeza que senti Vi as campinas que brincava com maninho E a palmeira que meu velho pai plantou Chorei demais com saudades do velhinho Que Deus do céu há muitos anos já levou E onde estão meus estimados companheiros Se foram tantos janeiros desde que eu deixei meus pais Adeus lagoa, poço verde da esperança Meu tempinho de criança que não volta nunca mais Meu pé de cedro desfolhado e já sem vida Final amargo de uma rósea esperança O monjolinho, quero ouvir sua batida A embalar a minha alma de criança Manso regato que brotava lá na serra Saudosa fonte que alegrava o meu viver Adeus paisagem, céu azul da minha terra Rincão querido, hei de amar-te até morrer E onde estão meus estimados companheiros Se foram tantos janeiros desde que eu deixei meus pais Adeus lagoa, poço verde da esperança Meu tempinho de criança que não volta nunca mais
Edson Souza
Fundador da Campo FM
Antonio Edson de Souza (SJ), Urupema, 18 de novembro de 1958, técnologo em fruticultura, administrador, e hoje servidor público, ocupando a Sec Muncipal de Saúde. Meu canto não conhece desencanto, Vem peleando a tanto tempo, Mas não cansa de pelear. Hoje já se ouve a ressonância, dessa voz de peão de estância conquistando seu lugar. Meu canto, se quiser eu te ofereço, pois ninguém me bota preço quando não quero cantar. Meu canto, companheiro, não se iluda, é como um cavalo de muda que cansou de cabrestear. Meu canto tem cheiro de terra e pampa, é um andejo que se acampa tendo o mundo por galpão. Grita pra que o mundo inteiro ouça, é raiz de muita força rebrotando deste chão. Meu canto, não é mágoa, não é pranto, nem passado, nem futuro, que o presente é mais verdade. Hoje o amanhã não me fascina, tenho o ontem que me ensina, mas não vivo de saudade. Canto nesta terra onde me planto mas não pise no meu poncho, que eu empaco e me boleio. Canto pra pedir mais igualdade, quem não gosta da verdade que se aparte do rodeio. Canto, e minha voz quando levanto não traz ódio nem maldade, coisas que não sei sentir, não que seja mais que qualquer outro, nem mais taura, nem mais potro, se disser eu vou mentir Peço pra quem julga e dá conceito que esqueça o preconceito, e me aceite como sou. Manso como água de cacimba, mas palanque que não timbra porque o tempo enraizou. Autor: Adair de Freitas https://www.facebook.com/Adair-de-Freitas
EmailFacebookGoogle+
Artur Neto
Comunicador
Natural de Santa Cecilia-SC, criado no Paraná. Nascido em 04/08/56, casado, 04 filhos e 04 netos, 7 anos morando em Campo do Tenente, mas é tenenteano de coração há 23 anos. 60 anos com carinha de 18 Eu sou um peão de estância Nascido lá no galpão E aprendi desde criança A honrar a tradição Meu pai era um gaúcho Que nunca conheceu luxo Mas viveu folgado enfim E quando alguém perguntava Do que ele mais gostava O velho dizia assim Churrasco e bom chimarrão Fandango, trago e mulher É disso que o velho gosta É isso que o velho quer E foi assim que aprendi A gostar do que é bom A tocar minha acordeona Cantar sem sair do tom Ser amigo dos amigos Nunca fugir do perigo Meu velho pai me ensinou Eu que vivo a cantar Sempre aprendi a gostar Do que o meu velho gostou Saí da minha fazenda E me soltei pelo pago E hoje eu tenho uma prenda Para me fazer afago E quando vier um piazinho Para enfeitar nosso ninho Mais alegria vou ter E se ele me perguntar Do que se deve gostar Como o meu pai vou dizer Churrasco e bom chimarrão Fandango, trago e mulher É disso que o velho gosta É isso que o velho quer Berenice Azambuja Neto, comunicador dos programas Manha Galponeira, Saudade Sertaneja e Revirandao o bau "trabaia que nem loko" de manha e de noite
Facebook
Antonio Cardoso
Comunicador
Rancho do Tonho, programa de músicas fundo de baú, tempo apertado mais curto que parafuso de patrola (depois fazemos o responso) ja ja voltamos
Facebook
Samuel Opolis
Comunicador
Natural de Curitiba, nascimento: Dia 06/04/2000 Resido na cidade de Lapa - PR Estudante Gosto Musical: bastante eclético (de tudo um pouco) Apresentador do programa Tarde Total, aos domingos das 13h30min ás 15h00min. Na 87.5 Rádio Campo FM. Fim da conversa no bate-papo
Facebook
Paradao Billboard
Piloto Automatico
Lorena 'Bussmann
Comunicadora
Lorena R. Bussmann da Silva, nasceu em Campo do Tenente – PR, em 28 de dezembro de 1988. Filha de Batista e Célinha (que já partiram deste mundo), ela tentou realizar seus sonhos em outras cidades, mas como quem toma água da bica sempre volta pra sua terra, Lorena hoje faz parte da equipe Campo Fm, apresentando os programas RELIGARE e CLUBE DA 87. “Deus conhece a minha história Sabe tudo que eu passei Sabe a marca que ficou em mim Dor que não passava Achei que nunca ia esquecer Aquela marca que ficou em mim A fé diminuía, a dor só aumentava Eu não falava mais Minha alma só gritava E não havia nada que me desse paz Foi quando meu Jesus Tocou em minha vida E colocou remédio na minha ferida Que doía tanto, agora não dói mais Uma nova história começou em mim Daquela dor só me restou a cicatriz Jesus foi o remédio que me fez viver Tudo que eu perdi o Senhor devolveu E me fez esquecer tudo que aconteceu E hoje eu tenho mais de mil motivos Pra adorar a Deus” (Bruna Karla – Cicatrizes)
EmailFacebook
Isto e Brasil
Reinaldo Verísimo
Podcast
Reinaldo Verissimo, apresento o HotMix Club Podcast, programa que toca os lançamentos da música eletrônica, informa sobre os grandes eventos que vão ser realizados no Brasil (Ultra Music, Tomorrowland, XXXperience, Spirit of London e etc), além das datas festivas e participação de artistas e radialistas (Silvio Ribeiro, Domenico Gatto, Mc Garden, Jauz). Gostaria de ter oportunidade de ter meu podcast transmitido pela Campo. Números do podcast: 5 anos no ar (ininterruptos) 282 episódios 12 mil downloads mensais (Recorde de 27mil) 17604 curtidas 114 países ouvem Ranking iTunes: 26° Melhor podcast de música - Brasil Podomatic: 1° Melhor podcast de Progressive House - Mundo 1° Melhor podcast de Trance - Mundo 4° Melhor podcast - Brasil 169° Melhor podcast - Mundo Transmissões: Rádio Aquário - Universidade Anhembi Morumbi (2012 - 2015) Rádio CPA - Cuiabá/MT (2016 - atual) Rádio Gabirobas - Ritápolis/MG (2016 - atual) Rádio Boiuna - Boa Vista do Ramos/AM (2017 - atual) Rádio Trans BJ - Bom Jardim de Minas/MG (2017 - atual) Rádio FM Tibau - Tibau/RN (2017 - atual) Alcance: Facebook - 8,1 mil pessoas por transmissão Rádio - 198 mil pessoas TuneIn - 2,4 mil por semana http://facebook.com/HotMixClubPodcast
WebsiteFacebook
Encontro com Os Serranos
OS SERRANOS / HISTÓRICO No ano de 1968, na cidade de Bom Jesus, serra do Rio Grande do Sul, surgiu uma dupla de gaiteiros com uma grande missão: levar a cultura gaúcha para muitos cantos do Brasil e exterior. A formação original era composta por Edson Becker Dutra e Frutuoso Luis de Araújo. Em 1969 a dupla gravou o seu primeiro álbum, um compacto duplo pela gravadora Copacabana. Seu padrinho e apoiador, Honeyde Bertussi. Foi ele quem escreveu uma carta de recomendação à gravadora Copacabana de São Paulo e, com este apadrinhamento, OS SERRANOS conseguiram essa grande façanha, gravar seu primeiro disco. Neste álbum constam o chote Minha Querência e a valsa Suspiro de uma Saudade, além de outras duas músicas, todas compostas pelos então meninos. Em 1972, já como Conjunto Os Serranos, voltaram a São Paulo e, pela gravadora Califórnia, gravaram o primeiro LP - Nostalgia Gaúcha, com os sucessos Terol do Tio Domingos e Chimarreando. Nos anos seguintes gravaram nove LPs pela Chantecler, seguida pela RGE, Som Livre, ACIT e Galpão Crioulo Discos. Nesses quase 50 anos de história, o Conjunto Os Serranos faz shows e bailes por muitos lugares do Brasil, pelos países do Mercosul e com duas turnês de grande sucesso nos USA. Sua discografia é composta por 29 discos inéditos, sendo um dos conjuntos que mais vende discos no seu gênero no país. Entre suas conquistas estão três discos de ouro: "Isto é... Os Serranos", "Bandeira dos Fortes" e "Os Serranos Interpretam Sucessos Gaúchos". Em 2009 foram indicados ao Grammy Latino, na categoria de melhor álbum de música de Raízes Brasileiras – com o CD - Os Serranos - 40 anos - Sempre Gaúchos! Em 2013 foram indicados novamente ao Grammy Latino na categoria de melhor álbum de música de raízes Brasileiras - pelo CD - Os Serranos Interpretam Sucessos Gaúchos Vol. 3. Tem 2 DVDs – OS SERRANOS ao vivo na EXPOINTER e OS SERRANOS 40 ANOS, SEMPRE GAÚCHOS! Receberam, ao longo da carreira, inúmeras condecorações e premiações, tanto de órgãos públicos como de entidades privadas. Premiações São 45 anos de uma carreira artística marcada pelo constante sucesso. Dezenas de Prêmios, Condecorações, Troféus, Placas de prata e Homenagens. Eis algumas destas premiações, recebidas ao longo da carreira: - Conjunto da década - 80/90 - RBS TV - RS. - Troféu Guri - Rádio Gaúcha - POA-RS. - Troféu Frades de Pedra - Câmara Municipal/POA-RS. - Troféu Anita Garibaldi - Assembléia Legislativa/SC. - Prêmio Açorianos - Prefeitura Municipal/POA-RS - melhor Conjunto Gaúcho/RS. - Calhandra de Ouro - Califórnia da Canção Nativa/1980 - Música - Veterano. - Calhandra de Ouro - Festival Nativista Califórnia da Canção Nativa/1982 - Música - Tertúlia. - Prêmio Açorianos - Prefeitura Municipal/ POA/RS - Melhor Cd - Criado em Galpão. - Prêmio Clave do Sul - Edição 2004 - Melhor Conjunto Gaúcho de Baile - Concedido pela Secretaria Estadual da Cultura/RS e - Instituto de Música do RS. - Prêmio de Melhor Conjunto de Show em 2004 - Troféu Vitor Mateus Teixeira - Concedido pela Assembléia Legislativa do RS. - Prêmio de Melhor Conjunto de Baile em 2005 - Troféu Vitor Mateus Teixeira - Concedido pela Assembléia Legislativa do RS. - Prêmio de Melhor Conjunto de Baile em 2006 - Troféu Vitor Mateus Teixeira - Concedido pela Assembléia Legislativa do RS. - Prêmio Tio Bilia - 2007 - Concedido pelo MTG (Movimento Tradicionalista Gaúcho) do RS; - SElo ISO TCHÊ - 2007 - Concedido pelo MTG (Movimento Tradicionalista Gaúcho) do RS; - Prêmio Sharp de Música - Três indicações. - Diploma de Honra ao Mérito - Ordem dos Músicos do Brasil - Março/2011 - Medalha do Mérito Farroupilha - Dezembro/2012 - 2 indicações ao Grammy Latino - 2009 e 2013 - Muitos outros estão guardados na sede do Conjunto.
SiteFacebook
PS Daniel
PS Marcio Miranda
Kaka Lemos
Comunicador
Xirú lá de Quitandinha aqui na Campo FM.......
Edson e Amauri
Comunicadores

 

Share Button

Hits: 655

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*